Não quero alimentar controvérsias, todavia não deixo de acrescentar o seguinte sobre a polémica que se gerou relativamente à escolha das bandas. Penso que qualquer leitura atenta do meu artigo permite concluir que em momento algum falo mal da iniciativa ou da organização, bem pelo contrário. A diferença que expresso é apenas de gosto e foi dessa diferença a que sempre me referi, penso que isso não é crime, embora não seja do agrado de todos. Somente uma leitura transversal e superficial poderá fazer alguém sequer supor que "falei mal da iniciativa", procuro, isso sim, traçar um breve retrato do que aconteceu, de bem e de mal, ao mesmo tempo que procura, da forma que me é possível, deixar sugestões próximas edições, sugestões não apenas dirigidas à organziação mas, sobretudo, ao público/população da nossa terra e à ditas forças vivas da região, institucionais ou não, para que demonstrem no futuro o seu claro apoio à iniciativa.
Aceito com naturalidade divergências de gosto, não aceito é alguns comentários menos próprios, penso que no futuro terei de repensar a questão da participação dos leitores do blog, tenho pensado em transformar o blog numa página, pois o peso dos artigos mais tarde ou mais cedo a isso obrigam, será algo a pensar após as férias de verão, até porque comporta algumas despesas e eu não sou propriamente rico, como algumas pessoas sabem adoro o que faço, todavia isso não paga todas as despesas, serve pelo menos para um enorme enriquecimento pessoal, entre outras virtudes de que aqui não falarei, pois o blog não está ao meu serviço, mas sim da nossa terra.
publicado por José às 21:25