Ó Folhadal, que lindo és
Tens o Mondego, mesmo aos teus pés
Terra bendita, ó vida a minha
De todas és, a mais bonita
 
 
Folhadal do vinho bom
E das belas raparigas
És cantada em Madragais
Ao som das nossas cantigas
 
 
E na hora do progresso
A caminhar, és primeiro
Eis avante num sucesso
Na conquista derradeira
 
 
Ó Folhadal, que lindo és
Tens o Mondego, mesmo aos teus pés
Terra bendita, ó vida a minha
De todas és, a mais bonita
 
 
Do alto ali de Nelas
Voltando as costas à serra
Reparamos com espanto
Lavradores lavrando as terras
 
 
E na hora do progresso
A caminhar, és primeiro
Eis avante num sucesso
Na conquista derradeira
 
 
Ó Folhadal, que lindo és
Tens o Mondego, mesmo aos teus pés
Terra bendita, ó vida a minha
De todas és, a mais bonita
 
Como podem ver esta é a letra da música dedicada em tempos idos pelo agrupamento Diapasão à nossa terra, caso tenham conhecimento de alguma gravação p.f. digam, nomeadamente o nome da canção e caso exista gravação que se possa partilhar.

publicado por José às 20:41