Para quem não sabe comemora-se hoje o Dia da Terra. No meio de tanta preocupação com a economia doméstica, e com a subida do preço do petróleo e as flutuações das moedas dominantes, a defesa da integridade do planeta Terra, na perspectiva da transmissão às gerações futuras desta herança também herdada, é deixada em segundo ou mesmo terceiro plano. Apesar das ameaças cada vez mais à escala global a gula dos homens não pára. A imagem não é do momento mas é do nosso concelho, por certo pouco deve ter mudado.

publicado por José às 10:21