Após sensivelmente uma semana nos destaques dos blogs do Sapo e após uns dias no destaque da página principal o blog retoma os seus destinatários de sempre, embora todos os outros sejam bem vindos, seria, aliás, um motivo de enorme satisfação a fidelização destes novos visitantes do blog.

Sobretudo para os de sempre fica o desafio de se desenvolver uma rota do património, para os amantes das caminhadas e do património, uma iniciativa que poderá levar muita gente à nossa terra e à nossa região, desde que bem organizada. Não vamos pensar só em motos a devorar os trilhos, vamos também pensar em pés a sentir a história de um povo e ouvidos a deixarem-se como que embalar por essa história contada. Seria fabuloso recuperar algumas das lendas e mitos, bem como histórias verdadeiras da nossa terra, para depois se disponibilizarem a quem nos visita, sobretudo pela via oral, pelo contacto directo com as nossas gentes, mas guardando digital e pelo arquivo em papel, pois importa preservar as pedras e a voz do nosso povo.

publicado por José às 13:37