Está em vias de ser uma realidade o "entubamento" prometido da Estação de Tratamento de Águas Residuais. Não sei se lhe deva chamar ETAR II do Folhadal , pois a outra nunca terá na verdade funcionado, dezenas de anos depois, veremos se também será desta que funcionará.


Não discuto as opções técnicas encontradas, nesta fase apenas creio que interessará garantir que o dique de retenção da água será reposto após este "entubamento", como conto que isso aconteça resta agradecer a intervenção directa da Sr.ª Doutora Isaura Pedro num processo herdado. Veremos como fica e se a ETAR dará resposta às necessidades locais, colocando um fim ao que já denunciei aqui no blog relativamente à ETAR de NELAS. Para já o que conta é que afinal existem pessoas na política que cumprem as suas promessas, isso é o mais importante do momento.



Este desperdício de dinheiros públicos poderia ter sido evitado caso o anterior Presidente da Câmara tivesse mostrado a abertura suficiente para dialogar, mais do que isso, para saber ouvir, pois tratou-se de uma localização imposta. Na devida altura defendi que fosse realizada uma reunião na Associação onde a autarquia elucidasse cada um de nós e fosse capaz de redefinir a sua posição em face da posição do povo. Isso não foi feito, como bem se lembram. Posteriormente, a pedido de várias pessoas publiquei e enviei uma carta aberta à actual liderança autárquica, sendo esta a resposta prática a essa carta.
publicado por José às 21:05