Um ribeiro onde tudo ainda é puro e equilibrado. O tal ribeiro com uma ETAR ali ao lado.



Ainda um dia vão acusar-me da ETAR não estar já a funcionar, a luta política, tantas vezes cega, algumas vezes a servir interesses privados em detrimento da causa pública, leva os protagonistas e os seus peões a dizerem coisas irreflectidas. Pormenores à parte, pois não é texto que aqui quero deixar, veja agora as diferenças, as imagens falam por si.

DESCUBRAM AS DIFERENÇAS
Vejam agora as duas fotos seguintes, do ribeiro que leva literalmente os esgotos, pelo menos de parte dos habitantes de Nelas, directos para o Mondego. Vários Quadros Comunitários de Apoio depois a situação está como sempre esteve, tudo lá vai malcheiroso rumo ao Mondego.



Lá vai tudo para o Mondego e ninguém ou quase ninguém parece mostrar-se preocupado.


Nota: por dificuldades técnicas não é possível reproduzir o cheiro
publicado por José às 20:27