Uso uma imagens como mero ícone, pois o que pretendo é advertir para o alheamento face a uma situação que deveria ser nossa. No nosso concelho e provavelmente em toda a região do Dão o vinho acaba por ser um bebida de restaurante ou então das tradicionais tascas, facto que não lhe confere o estatuto que deveria ser. Digam o que disserem é um produto da nossa terra e deveria ter um estatuto especial.
Tentem beber um copo do nosso tinto ou branco numa saída nocturna na nossa terra. É como digo, ou acabam por beber uma qualquer bebida que se encontram em qualquer lugar do país ou do mundo ou então não bebem nada.
É lamentável que não exista um espaço que dignifique a nossa região, com produtos tradicionais nossos: o nosso vinho, o queijo da serra, o requeijão , o presunto, etc. etc. . Sem que seja uma mera tasca, mas um estabelecimento simples mas acolhedor e capaz de fazer a devida selecção dos frequentadores, pois todos sabemos que o vinho infelizmente tem no nosso país associado algum preconceito e algumas clientelas que têm o seu espaço próprio.
Podem achar estranho fazer um apelo deste tamanho e com estas cores, mais estranho seria apoiar as práticas de outros bebedores, muitas vezes associadas a rituais "manhosos".
 

publicado por José às 21:51