Não gosto de alimentar polémicas sem sentido, todavia não deixo de comentar um dos comentários, provavelmente da autoria de H2N1, que na verdade por vezes assina também como BIOTECDOCTOR (ou então alguém usa o mesmo IP, se calhar não sabe que no Sapo fica identificado o IP).
O Folhadal pode ser uma pequena aldeia mas tem um papel importante na história da nossa região, foi concelho, naturalmente, antes de Nelas, assim como antes de Canas de Senhorim e mesmo de Senhorim. Entre outras referências sugiro a leitura da obra de José Pinto Loureiro, com várias edições, com o título: "Concelho de Nelas (Subsídios para a História da Beira)", editado pela autarquia, penso que está à venda na Tesouraria da pórpia Câmara Municipal de Nelas, pelo menos foi aí que adquiri o meu exemplar.
Com todo o respeito pelas gentes de Canas de Senhorim, incluindo quem deseja a elevação a concelho da localidade, mas penso que por vezes a cegueira relativamente a esse desejo faz certas pessoas perdem um pouco o respeito. Penso que não vale a pena estar a repetir que não sou nem contra nem a favor da criação de tal concelho, a questão é mais vasta. Aliás, ao que parece o Governo está a preparar profundas alterações na Administração Local, que podem levar à extinção ou à criação de freguesias e concelhos. Não conheço as propostas mas penso ser esse o caminho, resta saber qual, claro. O que não me parece ser caminho o mero separatismo, por razões mais afectivas do que concretas. Atenção q digo isto apontando apenas para quem apenas manda "bocas", como a pessoa que aqui inicialmente referi. Relativamente a todos outos, sempre afirmei que a luta das gnetes de Canas é uma luta nobre, revela a união do povo relativamente a uma causa que tomam como muito sua, o q merece todo o meu apreço e respeito. A questão, como tenho referido, eu e outras vozes, é saber como dar continuidade a essa luta face ao compromisso (que é um compromisso) assumido nas últimas eleições.
publicado por José às 16:42