Folhadal

pesquisar

 
Sexta-feira, 30 / 12 / 05

Feliz 2006

Estamos naquele momento eu que se respira fundo, não sei se na expectativa que algo aconteça ou apenas que passe rápido, por mais que se goste da Passagem de Ano não é apenas aqule instante, tem antes de si alguma quase tensão do ar, que quase sufoca (falo por mim), talvez como reflexo do ano que se termina ou então na expectativa do seguinte. Seja como for, reflexões de lado, desejo a todos e a todas um Feliz 2006, sobretudo que seja um ano em que a esperança seja mais do que isso. BOM ANO.
publicado por José às 08:55
Terça-feira, 27 / 12 / 05

Fogueira de Natal

Pode ter os seus defeitos - apoquentar os vizinhos, deixar a rua suja-, todavia a fogueira de Natal é daqueles rituais que faz sentido manter vivo, pois o Natal não são apenas compras, nem apenas troca de presentes, contínua a ser uma vivência comunitária muito forte, que na noite da consoada parece rivalizar, de forma saudável, com a ideia que nos querem fazer crer de que o Natal é sobretudo um ritual em família.

DSC03242.JPG

Este ano mais uma vez se provou que o Natal tem essa outra dimensão de ritual pagão, mas de partilha e sobretudo de convivio entre as gentes da nossa terra (da nossa e de muitas outras). Embora o largo onde se realiza deva ser melhorado nos próximos anos o que se espera é que permita manter viva esta tradição.
publicado por José às 10:51
Terça-feira, 20 / 12 / 05

"4º Concerto de Natal do Canto e Encanto"

Agradeço o convite deixado por estas bandas para na próxima 6ª Feira, dia 23, às 21,30h, na Igreja de Canas, em que participará, também, a Orquestra de Cordas "Tutti Ensemble", de Coimbra. Lamentavelmente só poderei deixar Lisboa horas antes do Natal, quase pela certa no próprio dia, todavia agradeço o convite e deixo a referência à louvável iniciativa. Aproveito para desejar a quem passar por estas bandas e seus familiares, amigos e tudo mais um BOM NATAL.
publicado por José às 19:56
Segunda-feira, 19 / 12 / 05

Encerramento das Urgências no Centro de Saúde de Nelas

Embora sem ter estado presente (por motivos óbvios) na acção de protesto contra o mais do que encerramento das Urgências no Centro de Saúde de Nelas não deixo de me associar à iniciativa. A lógica dos custos financeiros de modo algum se pode sobrepor ao que é do interesse objectivo das populações, já assim é uma vergonha ter de passar a noite ao frio para obter uma banal consulta, se tirarem as Urgências de pouco serve o Centro de Saúde aberto.
Não conheço bem os contornos da questão mas segundo li as Urgências passam a ser em Mangualde, Mangualde? Com todo o respeito por Mangualde não faz qualquer sentido, até porque Viseu é p Hospital Central e fica relativamente perto. Mas esta é uma daquelas medidas para poupar onde é impossível poupar.
publicado por José às 11:17
Segunda-feira, 12 / 12 / 05

Que péssima imagem...

Ontem no regresso a Lisboa tive necessidade de passar pelo Apoio ao Cliente da CP, até aqui tudo bem. Mal chegado deparei-me com o relato de duas senhoras, quase de certeza espanholas, sobre mais um triste episódio com um taxista da capital. A funcionária do Apoio ao Cliente teve a gentileza de ligar para a polícia, mas nada poderia fazer. Ao que tudo indica, pelos relatos que ouvi, o taxista tinha cobrado 18€ (sim, 18 euros) de uma viagem entre um hotel na Avenida da Liberdade e Santa Apolónia. Sei que a vida está cara e uma viatura tem os seus custos, mas 18€ dá para ir ao aeroporto e voltar, se calhar com direito a troco. Mas o episódio não se ficou por aqui, ao que parece o taxista obrigou as pessoas a pagarem, tendo mesmo sido agressivo. Naturalmente que deveria saber que nestes casos o melhor é não pagar e chamar a polícia, talvez por saber isso tudo quis extorquir logo o dinheiro e eventualmente ir enganar mais inocentes. Apesar de não ser uma notícia sobre a nossa terra não deixo de a exibir aqui, até como advertência.
publicado por José às 08:57
Quinta-feira, 08 / 12 / 05

Boa nova

Não venho deixar, por enquanto, qualquer mensagem natalícia, venho apenas deixar algumas palavras de agrado face à postura, que parece ser de diálogo e cooperação entre a autarquia e as gentes de Canas, pelo menos a julgar pelos textos que tenho lido no blog de Canas. A serem verdade os factos relatados são um bom sinal relativamente ao futuro, pois em outros momentos a política das costas voltadas deu frutos azedos para qualquer dar partes.
publicado por José às 16:17
Blog do Folhadal e de todo o concelho de Nelas

Dezembro 2005

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
21
22
23
24
25
26
28
29
31

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro