Estamos naquele momento eu que se respira fundo, não sei se na expectativa que algo aconteça ou apenas que passe rápido, por mais que se goste da Passagem de Ano não é apenas aqule instante, tem antes de si alguma quase tensão do ar, que quase sufoca (falo por mim), talvez como reflexo do ano que se termina ou então na expectativa do seguinte. Seja como for, reflexões de lado, desejo a todos e a todas um Feliz 2006, sobretudo que seja um ano em que a esperança seja mais do que isso. BOM ANO.
publicado por José às 08:55