Acho que nem a brincar se deve pensar em instalar uma central nuclear nas Caldas da Felgueira, nem no país, até porque, como demonstrei, essa não parece ser a solução para o nosso problema energético.
Parece que o povo se deixa levar pelas oportunidades actuais de emprego, que, curiosamente, podem não ser reais, isto pelo facto da mão-de-obra necessária não ser da região e, porventura, nem do país.
publicado por José às 10:12